Estratégia e Planeamento

Política de Qualidade

A Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política da qualidade, compromete-se a:

– Focalizar a sua atuação na qualidade de vida dos clientes através da implementação do Modelo de Qualidade de Vida;

– Melhorar a qualificação dos seus colaboradores através da formação contínua;

– Manter a lotação das Repostas Sociais através da procura de potenciais clientes;

– Promover o diálogo com todas as partes interessadas (Stakeholders) de forma a manter as relações mutuamente benéficas e a participação das famílias na vida dos clientes;

– Rever anualmente esta política mediante os resultados das monitorizações e avaliações dos processos, por forma a manter ou alterar as metas definidas na perspetiva da melhoria contínua;

– Partilhar esta política com a todas as partes interessadas (Stakeholders) através de reuniões e dos meios definidos no Procedimento de comunicação e informação e afixada em locais estratégicos dentro da instituição.

Política de Liderança

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política da liderança, compromete-se a:

– Cumprir a missão através do envolvimento de toda a instituição com uma comunicação clara e eficaz para, assim, promover uma imagem positiva e de referência na comunidade;

– Concretização da visão através da aposta no desempenho dos colaboradores, tendo em vista a inovação e diferenciação de projectos de formação, de forma a obter uma melhoria contínua da qualidade dos serviços e uma gestão eficiente dos recursos, para assim, responder às necessidades e expetativas existentes de forma sustentável;

Política de Recursos Humanos

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte considera os colaboradores como elementos essenciais na implementação da sua estratégia e no cumprimento da sua missão, visão, valores e política de qualidade. Neste sentido, no que concerne à política de recursos humanos, a Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte compromete-se a:

– Garantir a eficácia do processo de gestão de recursos humanos através de vários procedimentos e metodologias onde se insere a Política de Recrutamento estruturada e transparente no sentido de promover a melhoria contínua do desempenho dos RH;

– Assegurar um ambiente seguro, protegendo os colaboradores de eventuais riscos profissionais;

– Valorizar não só competências académicas, mas também as humanas no processo de recrutamento de colaboradores;

– Dar oportunidades para os RH se relacionarem com colegas, chefias e a instituição em geral para que, estes se sintam envolvidos dentro da Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte.

Política de Recrutamento de Colaboradores

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte comprometida com a sua Missão, promove a seleção, de profissionais qualificados, de acordo com requisitos técnicos, pessoais e comportamentais com vista à prestação de serviços de qualidade e excelência aos seus clientes.

– Adota métodos e critérios de seleção baseados na não discriminação de género e igualdade de oportunidade, idade, raça, religião, deficiência e orientação sexual, com base na legislação em vigor;

– Define, implementa e controla o seu compromisso relativo ao recrutamento, seleção, formação e avaliação dos colaboradores de modo a promover continuamente a eficácia do sistema de gestão de recursos humanos e a garantir igualdade de oportunidades de formação e desempenho;

– Gere o desempenho, estimulando os comportamentos que conduzam ao atingir de objetivos desafiantes e alinhados com a estratégia;

– A política é revista anualmente e afixada na Instituição.

Política de Reconhecimento de Colaboradores

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte considera os colaboradores como elementos essenciais na implementação da sua estratégia. Reconhece o contributo dos seus colaboradores através:

– Conciliação da vida família-profissional;

– Promoção atividades de comemoração de efemérides;

– Proporcionar oportunidades de crescimento profissional;

– Remuneração de faltas justificadas não remuneradas;

– Oferta de pequeno-almoço.

Política da Participação e Envolvimento Ativo dos Colaboradores

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte reconhece a importância do envolvimento da participação e envolvimento dos colaboradores na realidade institucional, para tal, compromete-se a:

– Proporcionar mecanismos de participação dos colaboradores, no processo de planeamento da Instituição.

– Criar estratégias de envolvimento dos colaboradores na monitorização e avaliação dos serviços que são prestados pela Instituição.

– Proporcionar oportunidades de relacionamento entre a Mesa Administrativa, colaboradores e as diversas partes interessadas.

Política de Direitos

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política dos direitos, compromete-se a:

– Defender e promover os direitos dos seus clientes, tendo em conta, a igualdade de oportunidades, igualdade de tratamento adotando princípios de não-discriminação que estão patentes na Carta de Direitos e Deveres que foi baseada na Resolução 46/91 Aprovada na Assembleia Geral das Nações Unidas 16/12/1991 que refere os Princípios das Nações Unidas para o Idoso, formulando os Direitos, articulando também com a Legislação especifica das respostas sociais Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas e Centro de Dia;

– Dar a conhecer os seus direitos e deveres bem como a registar e a demonstrar as suas reclamações;

– Promover a sua liberdade de escolha na sua vida.

Política de prevenção de situações de negligência, abusos (físico, mental e financeiro), maus-tratos e discriminação

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte respeita os direitos expressos na Carta de Direitos e Deveres comprometendo-se a:

– Os clientes, famílias e colaboradores, têm acesso ao documento escrito com a política de prevenção e procedimentos de atuação em situações de negligência, abusos, maus-tratos e de discriminação dos clientes;

– Estão definidas as regras e formas de atuação para eventuais situações em que ocorra negligência, abusos, maus-tratos e de discriminação aos clientes, seja por parte dos colaboradores, seja por parte dos seus significativos;

– A prevenção encontra-se assegurada através de diversos procedimentos (cuidados pessoais, acompanhamento psicossocial, código de ética, supervisão, formação contínua dos colaboradores);

– Existe uma análise rigorosa e uma resposta imediata, uma vez detetados indícios ou evidências de ocorrência de uma situação como as referidas;

– Estão criados espaços de comunicação para que o cliente e significativos informe(m) os responsáveis pela organização da existência de situações de negligência, abuso de direitos, maus-tratos e discriminação dos colaboradores.

Política de Ética

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política de ética, compromete-se a:

– Possuir um código de Ética em que cada um dos nossos colaboradores e as demais partes interessadas o legitimam como sua prática ética quotidiana, onde estão patentes um conjunto de princípios e de valores com vista a promover uma melhoria contínua no que respeita ao funcionamento da Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte;

– Assegurar a confidencialidade de todos os dados pessoais que nos são facultados para contexto de trabalho;

– Definir papéis e responsabilidades para todos os colaboradores, prestadores de serviços e órgãos de gestão.

Política de Confidencialidade

– A instituição garante que todos os colaboradores (incluindo Mesa Administrativa) ficam obrigados a sigilo profissional;

– Assegura que os processos individuais dos clientes são de acesso restrito aos técnicos de cada Resposta Social, estando arquivados em local seguro.

– Cumpre os requisitos legais estando inscrita na CNPD;

– A Instituição garante a segurança dos dados pessoais dos clientes através do procedimento PR04.PG01– Controlo de Documentos e Registos.;

– A Instituição assegura que os dados pessoais dos clientes e dos colaboradores são «tratados de forma lícita e com respeito pelo princípio da boa fé;

– A Instituição assegura o cumprimento do referido no artigo 7.º da Lei de Protecção dos Dados Pessoais relativamente à proibição do tratamento dos «dados pessoais referentes a convicções filosóficas ou políticas, filiação partidária ou sindical, fé religiosa, vida privada e origem racial ou étnica, bem como o tratamento de dados relativos à saúde e à vida sexual, incluindo os dados genéticos».

Política de Parcerias

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política das parcerias, compromete-se a:

– Fomentar parcerias para responder às necessidades da Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte bem como criar uma melhoria contínua dos serviços com o contributo das mesmas.

– Avaliar o valor de cada parceria.

– Envolver todas as partes interessadas no desenvolvimento dos seus serviços.

Política de Participação e Envolvimento Ativo dos Clientes

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política da participação e envolvimento ativo dos clientes, compromete-se a:

– Promover a participação e inclusão dos clientes na vida institucional e na comunidade;

– Facilitar o empowerment dos clientes;

– A transmitir a necessidade de um ambiente empowerment para uma melhoria contínua da qualidade de vida dos clientes.

Política de Orientação para o Cliente

A Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política de orientação para o cliente, compromete-se a:

– Implementar processos individuais, integrando o modelo WHOQOL-OLD, com vista à melhoria contínua da qualidade de vida dos clientes focando-nos, sempre, nas necessidades dos clientes actuais e potenciais.

– Envolver os clientes, aferindo o seu feedback, na definição de objetivos de desenvolvimento e na avaliação dos serviços prestados, desde o planeamento de atividades e serviços até à sua avaliação/revisão.

Política de Abrangência

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política de abrangência, compromete-se a:

– Considerar o cliente, valorizando-o e apoiando-o, no acesso à prestação de serviços de forma a garantir uma melhoria contínua da sua satisfação, focando os processos-chave da prestação de serviços que vão de encontro à nossa missão, visão e política da qualidade;

– Considerar, no plano individual de cada cliente, uma perspetiva geral abordando os factores físicos, mentais e sociais destes;

– Potenciar a melhoria da qualidade de vida dos clientes identificando as necessidades de formação dos colaboradores.

Política de Orientação para os resultados

A Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política de orientação para os resultados, compromete-se a:

– Alcançar as metas definidas de forma empenhada, dedicada e eficiente numa perspetiva de melhorar os serviços prestados;

– Aumentar, de forma gradual, a satisfação de todas as partes interessadas, principalmente, a dos clientes;

– Medir, monitorizar, avaliar e disseminar o impacto dos seus serviços numa óptica de transparência e responsabilidade para com o processo de melhoria continua;

– Apresentar, periodicamente, os resultados utilizando os mecanismos quantitativos e qualitativos, avaliando a qualidade dos serviços prestados e o seu impacto na vida dos clientes; o desempenho dos colaboradores; os resultados financeiros obtidos; a satisfação de todas as partes interessadas e o valor de cada parceria.

Política de Melhoria Contínua

A Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte, no que concerne à política de melhoria continua, compromete-se a:

– Implementar um sistema de melhoria contínua (ciclo PDCA), adotando práticas inovadoras, estratégias de comunicação e divulgação eficazes, qualificando os colaboradores e promovendo um participação ativa de todos as partes interessadas;

– Cumprir os objetivos e políticas de forma sustentada e permanente.

Política de Voluntariado

Consciente que a ação voluntária é uma fonte de solidariedade, a Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte compromete-se a:

– A valorizar o trabalho voluntário como um medida importante no exercício da sua responsabilidade social, contribuindo desse modo para o desenvolvimento sustentável da comunidade em que se insere;

– A promover a expansão e a qualificação das atividades passíveis da intervenção voluntária e a fomentar a ação comprometida com resultados, através do reconhecimento e valorização do seu contributo;

– A proporcionar uma adequada integração e acolhimento dos voluntários na instituição e a ampliar a sua articulação com os colaboradores e clientes, pela orientação permanente, pelo estímulo à mobilização e ao comprometimento;

– A reconhecer coletiva e individualmente o contributo dos voluntários e o seu impacto na organização e no bem-estar dos clientes, publicamente;

– A promover e divulgar informações sobre os programas de voluntariado existentes na Santa Casa de Misericórdia de Evoramonte e sobre ações de formação que lhes permitam ter um sólido conhecimento dos seus direitos e deveres, para além do seu enquadramento institucional.

 

A melhoria contínua é um elemento estruturante da realização da Missão da Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte, assente na qualidade técnica, humana e científica com vista ao alcance dos objetivos institucionais.

A Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte tem como princípio dinamizador da sua prática a melhoria contínua dos seus serviços orientando a sua intervenção por processos de qualidade crescente e transversal a todas as áreas da organização. Para tal, tem por base a visão estratégica, as exigências atuais na área social, a Política da Qualidade, os Objetivos da Qualidade, os resultados das auditorias, o feedback das partes interessadas e a Revisão do Sistema.

Voltar
Share

Subscrever newsletter

Gostaria de receber Comunicações e Novidades da Santa Casa da Misericórdia de Evoramonte através de e-mail? Se consente que lhe sejam enviadas newsletters insira os seus dados e receba as nossas novidades.

Programa de Voluntariado

Venha fazer parte do nosso grupo de voluntários. Juntos faremos mais e melhor.

Centro de Documentação